top of page

COMO ACOMPANHAR A EQUIPE NO HOME OFFICE?





Se você sentiu esse problema quando esteve obrigado ao trabalho remoto é porquê as coisas já não estavam funcionando corretamente e a gente tem mais uma má notícia: isso deve estar acontecendo porque você está 50 anos atrasado em matéria de gestão de tarefas e liderança, mas calma, dá pra andar rápido com essa evolução se você decidir abraçar novos jeitos de pensar.


Provavelmente você é daqueles que acredita que "o olho do dono é que engorda o gado" e ainda não percebeu que para crescer o lance é justamente fazer o contrário: DELEGAR E SAIR DE PERTO, portanto o lance é entender que a missão do líder é escolher as pessoas certas, capacitá-las e sair do meio. Imagine se os donos das grandes redes de supermercados, lojas ou distribuidoras quisessem estar sempre presentes e participar de tudo... Provavelmente eles continuariam pequenos, tocando uma mercearia ou uma pequena padaria, algo cujo tamanho não permitisse que nada estivesse fora do alcance do olho.


Esse comportamento não combina com o crescimento! A verdade é que você não precisa e não deve querer ficar de olho em tudo.


Caminhando para um sala técnica de projetos, a mensagem é que você não precisa passar pelos monitores da sua equipe a cada 30 minutos para ter certeza que o trabalho está rodando. É mais importante focar na distribuição das tarefas por competência e nos checkpoints - momentos de checagem das entregas.


O checkpoint é o momento de receber os trabalhos, avaliar o que foi feito (e as pessoas), é um momento onde naturalmente há troca de informações e alinhamento, é o momento de capacitar alguém quanto a algo específico que podia ter sido melhor executado ou de pelo menos decidir o que precisa ser trabalhado no sentido de educar o time como um todo. Muitas vezes é também no checkpoint que você percebe que alguém não dá mais certo e que você precisa começar um processo de remanejamento ou de recrutamento e seleção - se alguém seguidamente não consegue entregar suas missões, é porque não está preparado para elas.


O fato é que você precisa criar sprints de produção e pontos de checagem. Esse ritmo precisa ficar claro para todo o time e quando as pessoas estão nos sprints de produção, você não tem que ficar acompanhando tudo que acontece, a não ser que alguém levante o braço e te peça ajuda.


Devagar, monte equipes de produção, estabeleça uma linha de gerência para acompanhar as pessoas, saia do operacional e passe a preocupar-se com as questões mais estratégicas do seu negócio. Abra espaço para as pessoas assumirem responsabilidade, crie formatos de remuneração para que todos ganhem com isso e saia do meio!


Faça sua parte e traga a maior quantidade de pessoas com você.


71 visualizações0 comentário

Comments


Escritório Luxuoso

Assine nossa newsletter e receba
conteúdo sobre gestão em seu email.

Deixe aqui seu COMENTÁRIO, DÚVIDA ou INSIGHT!

bottom of page